Procurar por:
Vendedores / Produtos   
  
       
 
 
CONTO - A CURIOSIDADE
Descrição: (Alda de Cássia Ferreira )

 


 

_  “Bianca ...você já escovou os seus dentes, minha filha ?”

( disse Laura ).

_ “Sim, mamãe !”

_ “Vamos você precisa dormir. Amanhã é dia de aula !”

_ “Mamãe ...quando minha irmãzinha vai nascer ?”

_ “Daqui há  4 meses, filha !”               

_ “Ela vem de carro com a cegonha, não é?”

_ “Não, minha filha. Ela vai nascer como você !”

_ “ Como eu nasci...mamãe ???”

_ “Vá deitar,  que vou pegar um livro e contar uma estória de como você nasceu ...”

 

“Em um lindo castelo, morava o Rei Alberto, a rainha  Elizângela e sua linda filha a princesa Esmeralda. O rei prometeu que, assim que sua filha completasse 18 anos, seria entregue ao homem que pudesse ter a bravura de um guerreiro e que conseguisse conquistar o coração da linda Princesa.

Muitos cavaleiros ofereceram-se. De reinos distantes vinham com escoltas. Os príncipes locais também queriam disputar a mão da princesa. Ela não os conhecia, mas naquela época isso não era importante, pois a união de reinos fazia do rei a força  de seu império.

 

Esmeralda não se rendia aos presentes que recebia. Colares de rubi, pulseiras de ouro, flores das mais belas da região, cavalos de puro sangue. Ela sabia que estes , não tocavam o seu coração. Ela então falou a seu pai:

_ “Papai...não quero me casar com esses cavaleiros que vem até nós. Neles não encontrarei o amor, a felicidade.  Se me ama, não me obrigue. Estou lhe pedindo papai!”. Ao que o pai respondeu:

_ “Esmeralda, minha doce filha. A tradição é clara. Os reinos são formados assim. Nós os reis casamos com rainhas que vão nos seguir pela vida. Companheiras que uniram os reinados delas aos nossos tornando-nos poderosos”. Mas ela discordava:

_ “Não quero poder, papai! Quero ser amada!”

_ “Diga a seu pai, minha filha, se terei que comprar as mais belas joias  para vê-la feliz!”

_ “Não, papai ! A felicidade para mim não está no reino que posso ter, nas joias que possam me tornar mais bela e desejada entre todas as mulheres. Ela existe em meu coração.Vocês me ensinaram a ser o que sou. Sou amada e, por isso, quero dividir esse amor. Quero multiplicá-lo! Quero somar com alguém que me respeite e me ame.”

 

A princesa encaminhou-se até o seu aposento. Junto à janela contemplava o horizonte. Pensativa, sabia que seu destino não estava mais em suas mãos. Deveria ser a mãe do futuro herdeiro e isso deveria bastar .

O grande dia chega. Correria geral no castelo. Na cozinha as mais ricas e apetitosas iguarias estavam sendo preparadas para o grande dia. Seria a escolha do príncipe, entre tantos homens que estavam na fila, esperando a sua apresentação ao casal real e à princesa.

 

_ “Vamos princesa! O rei aguarda ansiosamente a sua presença. Apresse- se! (falou uma das Amas do Castelo)”

 Pelos suntuosos corredores do castelo, a princesa desfilava com sua beleza, o seu encanto. Todos a olhavam admirados e curiosos querendo saber quem seria escolhido nesse dia.

 

_ “Minha filha, este é o príncipe Felipe II, que  veio de terras a oeste de Orleans !!” (Falou o Rei).

_ “Princesa Esmeralda! Venho de meu reino com a certeza de que eu serei o príncipe escolhido. Sou valente, forte e temido por onde passo. Já ganhei várias batalhas e conquistei muitas terras para minha família. Aqui está uma caixa com as mais valiosas pedras preciosas que ninguém conseguiria comprar”.

_ “Desculpe-me, mas mesmo que coloque aos meus pés toda a fortuna que tem assim mesmo, não me faria feliz. Não me oferta o amor puro como compromisso. Não me disse que moveria pedras do meu caminho para que eu pudesse seguir em frente. Não me promete fidelidade para a nossa união. Quer a mim como troféu. Mais uma de suas conquistas e não o quero!”

 

A princesa aos prantos sai correndo em direção aos seus aposentos. Todos ficam admirados com a reação da princesa. Comentários são feitos por todos. A confusão se formou no castelo. O rei pede silêncio e manda chamar novamente a princesa.

 

_ “Que venha até aqui novamente ou vou buscá-la a força!” (Esbravejou o Rei)

Na janela ela olha para o céu. Começa a escurecer e o sol começar a se por no final do horizonte. Em prantos pede a Deus ajuda. Neste momento, do alto da montanha vem um homem  em um cavalo branco. Majestoso, apesar da simplicidade de seus trajes, caminha harmonioso até o castelo.

O cavaleiro desce do cavalo. Faz reverência á princesa e entra no castelo. A princesa enxuga as lágrimas e corre até o rei. Nunca havia sentido algo tão forte e tão bom  vindo de um olhar. Sem palavras ditas, sentiu a bondade daquele ser.

 

_ “Majestade! Sou o príncipe Arthur I. Quero oferecer a minha vida a vossa filha pois, creio que ela é a mais preciosa de todas as riquezas que possuo!”

 A princesa ouve  o príncipe e um largo sorriso é visto em seu rosto angelical.

_ “Oh! Príncipe Arthur I ! “O que você me oferece bem sei que é o amor. E, assim, como posso negá-lo? A vida de uma pessoa é a sua maior riqueza e entregá-la em troca do outro é verdadeiramente a riqueza que alguém pode ofertar de mais valioso. Sim, aceito casar-me com sua alteza.”

Ocorrendo, nos primeiros dias da primavera houve o casamento.

No fim da festa, juntos, eles tornaram-se um só, naquela noite encantada e  aí...”

 

_ “Bianca ? Bianca ? Laura sorri por que vê sua doce anjinha já em sono profundo ...

 

     Ah, crianças ! Curiosas nos deixam em cada situação! Espero que ela cresça logo!

Valor:
Formas de pagamento:

 
 
 
« Voltar
 
 
DADOS DO VENDEDOR
Alda de Cássia Ferreira
alda-cassia@ig.com.br
,
Belém/PA - CEP:
ÚLTIMOS LANÇAMENTOS
Camisa Tranfer - Revelar Talentos - (Arte) [Leia + ]
Arte em grafite e lápis de cor - (Arte) [Leia + ]
Zebra - poesia - (Arte) [Leia + ]
Fotografia x Caricatura - (Arte) [Leia + ]
CARTAZ - (Arte) [Leia + ]
Poesia - Homenagem ao Dia das Crianças - (Arte) [Leia + ]
Poesia - Belém, teu Tejo é o Guamá - (Arte) [Leia + ]
 
Desenvolvido por:
CentrallWEB
Portal Revelar Talentos - [ Quem somos ]
contato@revelartalentos.com.br
Sistema Anti-Stress