Procurar por:
Vendedores / Produtos   
  
       
 
 
CONTO - O MENINO E O ESTEPE
Descrição: (Alda de Cássia Ferreira )

 

 

 

Era uma vez um menino que sempre procurava confusão na escola. Todos os dias havia queixa chegando em sua casa. A diretora já até tinha separado uma cadeira junto a sua mesa para o menino ficar.

 

Dona Rosa era uma senhora guerreira, batalhadora. Acordava às 4 da manhã para deixar tudo pronto. O feijão cedo era colocado na panela de pressão. Acordava os meninos  Emanuel e André Vinicius, ambos com 6 e 14 anos, respectivamente. André Vinícius era o que lhe dava trabalho. Ela já havia rezado 10 rosários para pedir ajuda dos céus, este mês, para esse menino – e nada!  Talvez  tivesse pouca fé, pensava.

 

Nesse dia, ao ser comunicada pela diretora de mais um ‘’dia de cão‘’ do menino, ela então  resolve aplicar-lhe um castigo. Segundo certas revistas ‘’um mal necessário‘’. Até já o colocou ajoelhado no milho. Sem ver televisão, também! De costas para a parede? Idem ! Bater jamais, pois segundo doeria mais nela do que no menino.

 

Pois bem ! Dona Rosa pegou um pneu velho no quintal. Lavou-o e quando André chegou em casa  não a vendo gritou:

 

-          ‘’ÓÓÓÓÓ!, MÃEEEEEE ! Cadê a minha janta?. TÓ COM FOMEEE ! A diretora disse que a senhora não foi me buscar porque tava chorando ? Não esqueça, ela quer falar com a senhora amanhã...

 

-           ‘’Venha cá, meu filho!

 

Ao chegar ao quarto, André deparou-se com a cena. A mãe segurando um pneu e colocando no centro do quarto...

 

-          ‘’ Já fiz tudo por você, meu filho! As melhores roupas, uma boa escola, uma boa alimentação, seus remédios quando adoece. Meu amor, pelo jeito não lhe bastam...”

 

André baixa a cabeça nesse momento ...

 

-          ‘’ Hoje, você vai dormir dentro deste pneu !!!”

 

-          ‘’ Como assim, mãe? ...Não vou nãoooo!...”

 

-          ‘’ Vou pedir esta noite para Deus iluminar a sua mente e você perceber o quanto está errado. E que o essencial desperte dentro do seu coração!’’

 

-          ‘’ Qual é o meu essencial, mãe ?’’

 

-“Lembra do carro do seu padrinho que você sempre perguntava para que servia o estepe? E o seu “dindo”, com toda a paciência do mundo, dizia que quando um pneu fura no meio do seu destino, o estepe tem a função de ficar no lugar para que a viagem não possa ser interrompida. Você não pode deixar de seguir o seu caminho. E o estepe é o essencial nesta hora, dizia ele a você.

 

Assim, André Vinícius percebeu que sua mãe tinha razão e se abraçaram.

_____________________________­

Deus nos fez puros de coração e assim como o estepe é o essencial, um coração puro será o seu essencial. O reconhecimento do erro é um passo para a mudança de atitude.


 

Valor:
Formas de pagamento:

 
     
« Voltar
 
 
DADOS DO VENDEDOR
Alda de Cássia Ferreira
alda-cassia@ig.com.br
,
Belém/PA - CEP:
ÚLTIMOS LANÇAMENTOS
Caricatura - Atriz Letícia Spiller - (Arte) [Leia + ]
Conto - Acácia - (Arte) [Leia + ]
Poesia - Enquanto isso... - (Arte) [Leia + ]
Caricatura - (Arte) [Leia + ]
Poesia - Tuna, nossa rosa - (Arte) [Leia + ]
Poesia - Andorinha - (Arte) [Leia + ]
Poesia sobre Urso Polar - (Arte) [Leia + ]
 
Desenvolvido por:
CentrallWEB
Portal Revelar Talentos - [ Quem somos ]
contato@revelartalentos.com.br
Sistema Anti-Stress