Procurar por:
Vendedores / Produtos   
  
       
 
 
POESIA - FAROFEIRO
Descrição: (Márcio )

Farofeiro,

É pouco o teu dinheiro,

Vais para Mosqueiro,

Curtir a bela ilha,

Com a tua família.

Levas feijão, farofa, cerveja e banana,

Pegas o ônibus lotado,

Lá dentro aquele cheiro

Do povo todo suado.

Mas tu vais animado,

Com toda aquela barulheira

E muita algazarra.

Vais na brincadeira,

Fazendo a maior farra!

Quando chegas na praia,

Tu te jogas na areia,

Pegas aquela frieira,

Depois vais para a água

Não tens medo de arraia.

Quase te enroscas

Nas linhas dos papagaios,

Por pouco não te acertam

Com aquela bola.

O sol te queima,

Ficas todo vermelho,

E depois de quatro cervejas

Muito geladas,

O que mais tu desejas

É aquela gata

Que pra tua infelicidade

Já é casada.

Se pensas que isso é nada,

Dá uma olhada,

Já viste o tamanho

Do troglodita?

É! Acredita!

Sai fora!

Ou ele te mata,

E ainda te come com farofa.

Serás que trabalhaste tanto

Para no teu lazer

Virar churrasquinho,

Na grelha a arder

Daquele metido a bacana?

Não é melhor ficar sozinho?

Vai comer teu feijão,

Enquanto está quente

E depois ainda tem a banana.

Não sejas imprudente!

Se ele te dá um soco

Vais perder todos os dentes!

Não percas a hora,

Ou então o último ônibus vai embora

E tua família não te espera.

Dormirás na praia deserta,

Com o lombo ardendo!

É isso que estás querendo?

É o que vai acontecer

Se dormires no ponto!

Já chega de tanto beber,

Ou ficarás tonto.

Anda! Levanta e te esperta!

Que o transporte

Daqui a pouco vai sair.

Com um pouco de sorte,

Poderás ir sentado.

Vais ter que partir,

Enxuga a tua cara

E teu corpo molhado,

Naquela toalha.

Pega toda a tua tralha,

O excesso de pressa

É que te atrapalha!

Até mais Morubira!

Até outro dia

Barraca do Bira!

Nem deu para passar na Vila!

Agora é entrar no coletivo,

Pegar a rodovia,

Reza para não haver acidente,

Pois assim chegarás vivo.

Vai com fé,

Espanta qualquer medo.

Amanhã tu já sabes como é que é,

Tens que pegar no batente,

Tens que acordar cedo.

Até outra vez,

Mosqueiro!

 

Márcio Rodrigues

28/04/2001


Valor:
Formas de pagamento:

 
     
« Voltar
 
 
DADOS DO VENDEDOR
Márcio
3333-5555
9999-7777
marciojrodrigues@hotmail.com
Rua dos Timbiras, Jurunas
Belém/PA - CEP: 66000000
ÚLTIMOS LANÇAMENTOS
O sábio Diógenes - homenagem a um filosofo - (Arte) [Leia + ]
Poesia - O General Marco Antônio - (Arte) [Leia + ]
Poesia - Um amor verdadeiro - (Arte) [Leia + ]
A poesia e a luz do dia - (Arte) [Leia + ]
Desenho - avestruz - (Arte) [Leia + ]
Caricatura - Ator Sylvester Stallone - (Arte) [Leia + ]
Conto - O Bebê Especial - (Arte) [Leia + ]
 
Desenvolvido por:
CentrallWEB
Portal Revelar Talentos - [ Quem somos ]
contato@revelartalentos.com.br
Sistema Anti-Stress